Colômbia Declara Alerta Máximo Após Ameaça do Grupo Terrorista ELN

A Colômbia declarou alerta máximo nesta segunda-feira (10/02), após ameaça do grupo narco-terrorista comunista Exército Nacional de Libertação (ELN) de realizar um ataque armado em todo o país entre 14 e 17 de fevereiro. O chefe do grupo terrorista ELN usou suas redes sociais para fazer a ameaça.

O ministro da Defesa, Carlos Holmes Trujillo, afirmou durante entrevista coletiva que as Forças Armadas estão em alerta máximo para neutralizar ações do grupo terrorista, que chantageia o governo colombiano por meio de ações terroristas e ataques à população, sob pretexto de busca de paz.

O ELN possui aproximadamente 2.300 combatentes e seus grupos armados operam em cerca de uma centena dos 1.100 municípios colombianos. O ELN é também membro do Foro de São Paulo, organização narco-comunista que reúne partidos de esquerda e organizações criminosas e terroristas latino-americanos, incluindo os principais partidos de esquerda brasileiros.


 

Compartilhe:

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta