Presidente Bolsonaro Volta a Defender Carteira Estudantil Digital

O presidente Jair Bolsonaro voltou a defender nesta quarta-feira (12/02) a Medida Provisória 895/19, conhecida como MP da Liberdade Estudantil, que visa fornecer a carteirinha digital para os estudantes de forma gratuita.

Segundo o presidente, a carteira digital irá facilitar a vida dos estudantes, que não terão mais que pagar para União Nacional Estudantil (UNE), que é controlada pelo PCdoB. “Vai faltar dinheiro no PCdoB, vão arranjar dinheiro em outro lugar”, afirmou o presidente.

O governo enviou a medida provisória ao Congresso em setembro do ano passado, que precisa ser votada até o dia 16 de fevereiro para não perder sua validade. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, historicamente ligado ao PCdoB, já sinalizou sua intenção de não colocar a medida em votação em prazo hábil.


 

Compartilhe:

3 COMENTÁRIOS

  1. É só o presidente reeditar essa medida, num caso de MPs caducadas por volta de votação do congresso isso é perfeitamente possível e até recomendável e é a praxe mesmo.

Deixe uma resposta