Costa Rica Desarticula Rede de Tráfico de Migrantes Cubanos

A Diretoria Geral de Migração e Estrangeiros da Costa Rica desarticulou nesta terça-feira (26/02) uma rede de tráfico de imigrantes cubanos que entram do Panamá e pretendiam chegar aos Estados Unidos ou México. A rede de tráfico cobrava cerca de US$ 400 para transferir os cubanos da fronteira com o Panamá para a Nicarágua, além de cobrar até dois mil dólares a mais para continuar nos Estados Unidos.

Treze pessoas foram presas na operação, entre eles o líder da organização, além de diversos de seus colaboradores. As prisões foram feitas nas cidades de Puntarenas, no Pacífico Central, e La Cruz, na fronteira com a Nicarágua. “Os cubanos entravam legalmente no Panamá, como turistas, e posteriormente entravam na Costa Rica, onde a organização criminosa os levava para o norte por rotas previamente estabelecidas para o México e os Estados Unidos”, afirmou Stephen Madden, diretor do polícia de imigração.

Compartilhe:

Deixe uma resposta