Ministro Jorge Oliveira Em Entrevista Faz Lobby de Seu Nome Para STF e Ignora Prisão de Bolsonaristas

por paulo eneas
O ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Jorge de Oliveira, concedeu na manhã desta segunda-feira (15/06) uma entrevista à CNN Brasil na qual, entre platitudes e boçalidades recheadas de lugares comuns, o conselheiro jurídico do Presidente da República prosseguiu sua guerra palaciana surda contra o Ministro da Educação, Abraham Weintraub.

Jorge de Oliveira, cuja mediocridade não chega a fazer sombra ante a grandeza da figura de Abraham Weintraub, usou também a entrevista para fazer lobby em favor de seu nome para a próxima vaga no Supremo Tribunal Federal, ainda que ele não reúna nem mesmo um décimo do conhecimento jurídico necessário para o cargo.

O conselheiro do presidente também não disse uma palavra sobre as prisões de apoiadores do Presidente Bolsonaro ocorridas hoje por ordem do ministro Alexandre de Moraes do STF. A entrevista serviu apenas para Jorge de Oliveira exibir sua mediocridade na área jurídica e seu completo descompromisso com a agenda conservadora e de direita que elegeu o Presidente Bolsonaro.


 

8 COMENTÁRIOS

  1. Não vai ser com Olavo que o General vai aprender a lidar com a filha, senão ele vai apontar uma arma para a cabeça dela.

    Quanto à questão dos Governos Militares, FFAA não são SS tampouco Guarda Vermelha para fazer perseguição política. Olavo pensa assim porque é comunista, pois segundo ele mesmo não existe “ex-comunista”, no que concordo no caso dele por conta de tantas ideias de esquerda que ele ainda nutre, sendo a ojeriza aos militares uma delas.

  2. Não nego que há muitos seguidores do Olavo que apoiam Bolsonaro, como Weintraub.

    Mas está claro que eles também atrapalham muito e o próprio Olavo mais de uma vez atacou o Governo, inclusive dando entrevista na Globo!!!

  3. Me referi ao Pedro Rocha em meu comentário anterior sobre os militares, sem preparo, que permitiram que os comunistas se fixassem nas universidades como se fossem seu território!

    Reafirmo aqui que o Olavo se obriga a ajudar o Brasil para tentar reparar seus erros do passado, já os militares não têm a pachorra de tentar consertar a cagada que fizeram ao dar de bandeja, os territórios das universidades para os comunistas, os mesmos que hoje jogam filhos de 12 anos contra seus pais militares, pais que defendem alguém apenas pelas divisas ou galões que ostenta nos ombros, tais pais deveriam se envergonhar de possuir um cérebro e não usá-lo!

  4. Tá ficando feio essa defesa de militares que você está fazendo, foram estes que começaram o problema, ainda durante o governo militar, permitindo que os comunistas fossem para as faculdades e tomassem conta como se o território fosse deles e com total conhecimento e anuência dos mesmos militares que diziam combater o comunismo, o Olavo trabalhou com e para comunistas sim, mas ele também disse que é uma mancha na vida dele que ele se arrepende e todos os dias tenta reparar tal erro, mas você não falou nada do general que diz debater com a cobrinha de 12 anos que ele está criando como filha e com quem ele debate, mostrando total despreparo para ser um pai, se para gerir uma família e a vida de uma filha comunista aos 12 anos ele não tem estrutura e nem estatura moral, não deveria estar em tão importante ministério, fato que mostra a quantidade de militares de alta patente, que são verdadeiros idiotas no que tange a combater ideologias vermelhas, pessoas como ele, Santos Cruz entre outros, deveriam ser expulsas das FFAA por falta de estatura moral para as funções que foram chamados, e aqui quem está falando é um militar reformado da Marinha!

  5. Pedro Rocha, quem sustenta esse governo são os olavistas, dentro e fora. Se Bolsonaro perder esse apoio, JÁ ERA.

  6. A esquerda olavista começou o assassinato de reputação do Major Jorge de Oliveira, colaborador a décadas do deputado e agora Presidente Jair Bolsonaro.

    A ponderação dele ofende ao comunista Olavo de Carvalho, já que ele mesmo disse que não existe “ex-comunista”?

    Olavo nunca deveria ter sido exumado pela direita depois dele ter vilipendiado a Rádio Vox e sabia desde o começo que Eduardo Bolsonaro cometia um grande erro em trazer esse comunista para o governo e seus apoios desastrosos para Vélez, o nazista da SECOM, Regina Duarte e o aparelhamento da APEX que vocês tentaram promover e que culminou com o assassinato de reputação do General Santos Cruz.

    Estamos nesse momento sendo derrotados pelo acúmulo de erros de Bolsonaro, sendo a esquerda olavista parte deles.

    Que Bolsonaro bote os olavistas para fora do mesmo jeito que Trump fez nos EUA livrando-se de Steve Bannon.

Deixe seu comentário