Novo Ministro das Comunicações Começou Com Estratégia Errada

por paulo eneas
O novo Ministro da Comunicações, Fabio Faria, anunciou hoje (25/06) a estratégia da nova pasta, que consiste em estabelecer “diálogo” com os veículos da grande imprensa. A estratégia é errada e ilusória. O problema da grande imprensa com o Governo Bolsonaro não é “falta de diálogo”, mas o fato de o Governo Bolsonaro existir, e ser um governo eleito com um programa de direita e conservador. Se o ministro Fabio Faria não entende isso, ele não será de valia para o cargo.

Se o ministro pretende adotar uma estratégia inteligente para a pasta, deveria começar por promover uma despetização da EBC e desfazer o contrato de compartilhamento de conteúdos firmado esse ano pela estatal com a TV do Partido Comunista Chinês. Deveria também abrir diálogo com a mídia independente, que não depende de verbas públicas e faz jornalismo honesto, além de mandar elaborar projeto de programação conservadora para a emissora.


 

11 COMENTÁRIOS

  1. Concordo com suas colocações, Werberson. Contudo, há que se ficar alerta – permanentemente ! – pois o inimigo sempre estará “ao derredor”.

  2. Acho válido a estratégia, tendo em vista que o governo BOLSONARO é um governo que deseja de fato trabalhar em harmonia e com o total respeito com seus adversários, do contrário do que se esperava dele, pois diziam ser truculento e impiedoso e de pavil curto…tem se mostrado um grande líder, respeitando até seus adversários e buscando o diálogo para assim conseguir em meios a tantos desafios cumprir o seu papel como presidente da República. Sou fechado com bolsonaro e estou certo de que estamos vivendo só o começo de um tempo novo para o nosso país…Vamos enfrente e que Deus abençoe a nossa nação.

  3. Tem muito pessimismo no ar. Acredito que o pr está elaborando sua estratégia, até agora sem sucesso, más com armamento novo… Pôde se erguer vitorioso. Não tá fácil. Tampoco perdido. Muito chão ainda….

  4. Esse trotskysmo de vocês acaba em dois lugares, como vimos na semana passada: na cadeia ou foragido no estrangeiro. Olavo deve ter aprendido com José Dirceu, que também mandava “buchas de canhão” para se arrebentarem enquanto ficava no conforto do lar.

    Como Olavo disse que não existe ex-comunista, isso explica ele pensar como José Dirceu.

  5. Se eu fosse Bolsonaro entregaria o cargo e iria viver com sua bela esposa num paraíso tropical. Deixava esta porra de país pra lá! Tudo que ele faz ou deixa de fazer é criticado. Pqp!

  6. Meu Deus do Céu!!! Ou o Bolsonaro foi trocado por um clone reprogramado pela esquerda, ou realmente abandonou suas ideologias e mudou de lado, trabalhando para seus opositores mais ferrenhos: os comunistas. Não reconheço mais aquele em que votei para presidente. Talvez nem ele se reconheça mais.

  7. Mais para fu*** com o governo Bolsonaro. Devd ser slguma atração fatal por seus algozes. ESTÁ CENSATIVO.

Deixe seu comentário