STF Gasta Mais de R$ 800 Mil Com Frota de Veículos Durante Pandemia

por teff ferrari
Apesar de o Supremo Tribunal Federal (STF) realizar sessões virtuais desde março, o desperdício de dinheiro público prossegue. Gastos com os serviços incluídos no item “veículos” seguem firmes e fortes nas despesas mensais do STF. Os carros de luxo estão abandonados nas garagens estacionados e, mesmo assim, a suprema corte segue esbanjando dinheiro dos impostos dos cidadãos com a frota suprema.

Desde o início da pandemia, o montante de despesas em serviços de manutenção da frota ultrapassa R$ 800 mil, conforme indicam os dados analisados pela Revista Oeste a partir do Portal da Transparência do STF.

De março a maio, o Supremo Tribunal Federal exibiu gastos com itens classificados como peças, serviços, combustível, lavagem, rastreamento, condução de veículo e transporte terrestre por demanda. As despesas com combustível chegam a R$ 58.396,70. Por sua vez, a condução de veículos é o item que mais pesou nas contas: R$ 647.259,42. A suprema corte tem realizado sessões virtuais, de modo que em tese os ministros têm trabalhado em casa.


 

4 COMENTÁRIOS

  1. Ñ há o que fazer. Ñ votamos neles e ñ podemos tirá-los. Votamos em quem poderia fazer algo e ñ faz. O q devemos fazer é renovar o Senado. Mas é qse impossível. Jamais haverá consciência coletiva nem discernimento p fazê-lo.

  2. Essa turma demonstra a que vieram. Gastança do dinheiro público. Poucos julgamentos em favor do País. Perseguição ao Presidente da Republica e seu seguidores. Não passam, os membros desse pretório (assim mesmo, pequenininho) de uma matilha que quer ver o retorno dos destruidores da Pátria. A mordomia dessa matilha é insuportável.

  3. #stfvergonhanacional! Baata dessa corte de milotantes partidários tripudiando na cara dos pagadores de impostos q bancam essa ESCÓRIA prestando desserviço ao país

Deixe seu comentário