Prevent Senior Contesta Afirmação Caluniosa de Integrante Sênior do MBL Sobre Uso de Cloroquina

por paulo eneas
O empresário Jair Lorenzetti Filho, integrante sênior do MBL conhecido entre os ativistas como “véio do MBL” e uma das pessoas mais próximas do detento temporário Luciano Ayan e do deputado tucano Alexandre Frota, fez uma afirmação caluniosa a respeito da empresa operadora de planos de saúde Prevent Senior, umas das pioneiras na adoção do tratamento precoce para a covid por meio do uso da hidroxicloroquina e medicamentos associados.

Jair Lorenzetti afirmou em sua rede social que um parente seu teria morrido em decorrência “dos efeitos da cloroquina na Prevent Senior”. O empresário foi imediatamente contestado pela operadora de serviços de saúde, que afirmou  não haver até o momento registro de óbito ocorrido em seus hospitais ou clínicas em decorrência do uso do medicamento.


 

8 COMENTÁRIOS

  1. Caluniosa, pq?? Não tem comprovação científica, não sara, não virá. Pelo contrário, protão paciente nos primeiros dias de uso. Causa cansaco fraqueza TOSSE dores nas pernas. É bom só pra malária, lúpus, artrose, artrite, vc tem que assinar um livro pra usar. O que tá errado falar?? Que por causa dessa merda de remédio que eles insistem em usar, também causando a morte das pessoas. Que eles tão ganhando dinheiro cada vez que usar, tão querendo ficar rico sozinhos. Tão fazendo as pessoas de COBAIA. Já foram notificados mas não aprendem. Vai lá e usa gado, insanos LUNÁTICOS!!

  2. Esses moleques irresponsáveis do tal movimento não só agride o trabalho sério e com resultados positivos para o uso da hidroxicloroquina, mas tentam agredir a imagem do Presidente Bolsonaro uma vez que o medicamento ficou conhecido como o “remédio do Bolsonaro”.

  3. São uns lascados, tive 32 malarias tipo vivax, so trata com cloroquina, nunca tive nenhuma reação adversa, nenhuma sequela…

Deixe seu comentário