Tribunal de Contas da União Arquiva Processo Sobre Viagem de Abraham Weintraub aos Estados Unidos

por angelica ca e paulo eneas
Conforme esperado, o Tribunal de Contas da União (TCU) determinou nesta quarta-feira (09/09) o arquivamento do pedido de investigação de suposto uso de recursos públicos na viagem do ex-ministro da Educação Abraham Weintraub para os Estados Unidos. De acordo com a relatora das representações, a ministra Ana Arraes, a área técnica do TCU não encontrou indícios de uso de dinheiro público no custeio da viagem.

A relatora encaminhou o caso ao Ministério Público a fim de apurar o suposto uso do passaporte diplomático após Abraham Weintraub ter deixado o cargo de ministro. Em junho, O Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União havia cobrado explicações do Itamaraty a respeito da ida de Abraham Weintraub aos Estados Unidos.

A representação foi assinada pelo subprocurador-geral do TCU, Lucas Rocha Furtado, e fez parte da onda de perseguição ao ex-ministro aberta após a divulgação do vídeo da reunião de ministerial de 22 de abril desse ano. O vídeo foi ao ar por decisão do ministro Celso de Mello do STF, após denúncia falsa feita pelo hoje blogueiro Sérgio Moro.


 

Deixe seu comentário