Governo Americano Amplia Legislação Que Proíbe Financiamento de Abortos no Exterior

por angelica ca e paulo eneas
O presidente norte-americano Donald Trump deu mais um passo importante para colocar fim ao financiamento da indústria do aborto. Um novo regulamento emitido esta semana amplia a chamada Política da Cidade do México, e visa impedir que organizações estrangeiras que recebem financiamento federal de saúde em nível global promovam ou realizem abortos no exterior, mesmo que o façam com outras fontes de financiamento.

Publicada no Federal Register nesta segunda-feira (14/09), a chamada regra da mordaça global já se aplica a concessões e acordos cooperativos entre o governo americano e organizações estrangeiras. De acordo com a Kaiser Family Foundation, cerca de 40% do financiamento global da saúde obrigatório para os destinatários principais nos últimos anos foi fornecido por meio de contratos, sobre os quais passam agora a vigorar as novas regras de proibição de aborto.

No início de setembro, o mandatário americano divulgou uma carta aos norte-americanos pró-vida prometendo continuar a lutar contra o aborto durante seu segundo mandato, dizendo que “lutaria nas trincheiras pelos nascituros e suas mães”. Com informações de Life News, The Hill e Christian Post.


 

Deixe seu comentário