Governo do Foro de São Paulo na Argentina Oficializa Censura e Restrições à Liberdade de Expressão

por angelica ca e paulo eneas
O regime do Foro de São Paulo na Argentina criou um órgão para supervisionar as notícias que são publicadas na mídia com suposto objetivo de proteger os argentinos de supostas notícias falsas que circulam nas redes sociais. A medida constitui-se na prática na oficialização da censura no vizinho portenho.

A supervisão do conteúdo noticioso será feita pela Defensoria Pública, órgão do Estado argentino  criado em 2012 pela Lei da Comunicação Social, durante a gestão de Cristina Kirchner. O controle será feito por um certo Observatório da Desinformação e Violência Simbólica nos Meios de Comunicação e Plataformas Digitais, anunciado pela defensoria na última sexta-feira (09/10).

De acordo com a Defensoria Pública, este observatório “irá trabalhar na detecção, verificação, identificação e desmantelamento das estratégias argumentativas das notícias maliciosas e na identificação das suas operações de divulgação”.

Ao defender a medida de censura e cerceamento da liberdade de expressão, Miriam Lewin, titular da Defensoria Pública e ativista de direitos humanos, afirmou que a internet contribuiu para propagação de desinformação nas redes digitais, o que segundo ela representaria um problema para a vida democrática” Ou seja, trata-se da desculpa retórica e cínica dos comunistas para justificar a censura. Com informações de Infobae.


 

1 COMENTÁRIO

  1. Que lástima lá e cá. Aqui no Brasil só falta a lei da censura cozinhando no Congresso. O Governo brasileiro democráticamente eleito é prejudicado ostensivamente pelo STF e Congresso , bloqueado, atrapalhado, impedido dia após dia de conduzir sua pauta. A população sente-se desrespeitada, cerceada em seus direitos fundamentais, individuais, liberdade de expressão. Ameaça e bloqueio constante ao Presidente que não consegue governar e naquilo que deve, atordoado, estigmatizado, não governa.A Argentina , sem nenhum pudor da dupla do Foro de São Paulo, dá prosseguimento ao nefasto totalitarismo no caminho da Venezuela.Os argentinos estão acordando …como os brasileiros de bem porém nós não podemos nos acovardar.

Deixe seu comentário