Globalista Bill Gates Condiciona Volta à Normalidade à Aprovação de Suas Vacinas Contra Covid

por angelica ca e paulo eneas
O líder globalista internacional e fundador da Microsoft, Bill Gates, denunciado por crimes contra a humanidade em maio deste ano pela deputada italiana Sara Cunial por conta de sua campanha e lobby criminosos pela vacinação compulsória em nível global, afirmou em entrevista ao The Wall Street Journal no início de outubro que a vida somente voltará ao normal quando houver adoção generalizada de uma vacina contra o vírus chinês.

Bill Gates foi cínico o bastante na entrevista para afirmar não sabe se as vacinas serão bem-sucedidas, apesar de condicionar a elas a volta à normalidade da vida. Sem dar qualquer evidência que justifique sua fala, o líder globalista que não é médico nem possui qualquer formação em área correlata, afirmou também que os países mais ricos somente poderão retornar à normalidade ao final do ano que vem.

O bilionário globalista financia dezesseis empresas farmacêuticas em todo o mundo, impondo a condição de que estas aumentem sua produção de vacinas a uma velocidade sem precedentes, e garantam a aprovação e distribuição destes produtos em larga escala o mais cedo possível. Informações de Daily Mail, Summit News e Great Game India.

DEPUTADA ITALIANA EXIGE QUE BILL GATES SEJA PRESO POR CRIMES CONTRA A HUMANIDADE

1 COMENTÁRIO

  1. Ele que enfie no khu essas exigências e que vá logo abraçar o capeta nos quintos dos infernos! Ele e todos os desgraçados que armaram essa patifaria!

Deixe seu comentário