Justiça Arquiva Ação Movida pela Deputada Federal Maria do Rosário Contra Ativista Tamires de Paula

por camila abdo e paulo eneas
O juiz federal Rodrigo Parente Paiva Bentemuller, de Brasília, arquivou nesta segunda-feira (12/10) a ação movida pela deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) contra a ativista conservadora Tamires de Paula.

A ação remonta a um episódio ocorrido em novembro do ano passado, quando a ativista Tamires de Paula e o deputado federal Daniel Silveira questionaram a deputada Maria do Rosário pelo seu elogio a uma charge do cartunista esquerdista Carlos Latuff, que retratava a polícia como sendo racista e assassina.

A deputada reagiu insultando a ativista, que passou a ser retratada pela grande imprensa como sendo uma suposta “agressora”, e abriu ação contra Tamires de Paula por suposta agressão e ofensa a honra.

O juiz federal entendeu que não houve qualquer crime nem ataque à honra, mas tão somente a expressão de uma opinião, por parte de Tamires de Paula, em relação ao posicionamento da parlamentar. Informações do Terça Livre.


 

Deixe seu comentário