FBI Investiga Três Milhões de Telefonemas Anônimos Pressionando Eleitores a Ficarem em Casa

por angelica ca
O FBI abriu uma investigação para apurar cerca de três milhões ligações telefônicas anônimas feitas a eleitores norte-americanos pressionando-os a “ficarem seguros em casa” no dia das eleições presidenciais. Estas ligações somam-se a outras táticas utilizadas para confundir os eleitores na campanha presidencial, conforme relatório da entidade independente norte-americana ProPublica.

Segundo o relatório, mais de oitocentas mil pessoas em seis estados decisivos para a eleição presidencial foram alvo de telefonemas automatizados na terça-feira (03/11) com mensagens intimidadoras pressionando-as a permanecerem em casa no dia da eleição. Os telefonemas chamaram a atenção do FBI, que abriu investigação. Os dados e gravações foram fornecidos pela empresa TelTech, proprietária do aplicativo para smartphone RoboKiller.

As investigações apontaram um fluxo alto de chamadas para os chamados swing states dos Estados Unidos, ou seja, aqueles estados que costumam oscilar entre democratas e republicanos a cada eleição. Na Flórida foram 534.000 ligações. O estado da Pensilvânia recebeu 93.000 chamadas, enquanto em Michigan houve 89.000 ligações deste tipo, e na Carolina do Norte foram registrados 60.000 telefonemas. Informações de ProPublica.

SUPOSTA VITÓRIA DE JOE BIDEN É UMA GIGANTESCA OPERAÇÃO DE DESINFORMAÇÃO DA GRANDE IMPRENSA CRIMINOSA E CONIVENTE COM A FRAUDE

Deixe seu comentário