Presidente Bolsonaro Alertou Sobre Risco de Interferência no Resultado das Urnas no Dia da Eleição Norte-Americana

por paulo eneas
O Presidente Bolsonaro foi de certo modo visionário ao comentar sobre o risco de interferência estrangeira no resultado das eleições norte-americanas. O comentário do presidente brasileiro foi feito em publicação na rede social do dia 03/11, dia da eleição, ao discorrer sobre a importância do pleito eleitoral norte-americano “por influir na geopolítica e na projeção de poder mundiais”. O Presidente Bolsonaro afirmou:

Até por isso, no campo das informações, há sempre uma forte suspeita da ingerência de outras potências, no resultado final das urnas;

Ainda que o presidente brasileiro não tenha falado explicitamente de risco de fraude, sua menção à possibilidade de alguma interferência no resultado final das urnas materializou-se no cenário que estamos assistindo após as eleições: uma fraude eleitoral quase generalizada.

Uma fraude que somente foi possível por conta do ambiente criado pela pandemia, que levou dezenas de milhões de eleitores norte-americanos a escolher o voto pelo correio, que foi instrumentalizado para a viabilização da fraude. Por sua vez, sabemos que pandemia ocorreu por conta da ação criminosa de uma potência estrangeira: China. Colaboração Angelica Ca.



Deixe seu comentário